Uncategorized

Eu (me) mudei.

O que eu esperava que não aconteceria, aconteceu, eu voltei para o lugar que eu nunca deveria ter voltado. Saí daqui com várias camisas manga longa e fui para Natal, onde fiquei até que todas acabassem por causa das traças. Fugi daquela kit-net abafada, escura, cheia de escorpiões, com pias entupidas, tetos furados que transformavam… Continue reading Eu (me) mudei.

Advertisements