Uncategorized

Frequento as aulas de publicidade.

Trabalhar com publicidade e propaganda não é a mesma coisa que você vê em Mad Men, esqueça todo o glamour, cigarros e bebidas enquanto trabalha, todo o visual foda que aparece na série, esqueça.

Decidi estudar publicidade porque não sabia o que queria fazer da minha vida, queria um emprego em que eu não fosse obrigado a trabalhar, isso é idiota? Não! Isso é um sonho de verdade, não existe nada de verdade quando ouço “Desde adolescente eu queria ser publicitário sabe? Nossa, é o que sempre amei”. Tudo que consigo ouvir é um monte de mentiras de merda, nenhuma criança de 14 anos chega para o pai e fala “Pai, não quero mais jogar futebol, o que quero é ser publicitário! primeiro ficar o dia todo ouvindo o professor falar de Philip Kotler, aquele cara é genial, quero ser como ele e depois que me formar, ir trabalhar como um escravo pra ganhar um super salário que nunca vai passar dos quatro dígitos”, até porque jogar futebol e ser publicitário tem umas semelhanças, os dois não tem um horário fixo de trabalho, em nenhum dos dois você recebe o apoio dos pais, porque não dá futuro, para entrar no mercado é super difícil, não adianta ser bom, é preciso ter contatos e para sair é a coisa mais fácil do mundo, a única diferença é que no futebol tem as marias-chuteira e na publicidade você pode ser tornar professor para pegar as alunas.

MTIyMjkzNTA1NjA2MzE1Mjg5

Bom, frequento as aulas há quase três anos e meio, durante todo esse tempo eu tive que aguentar pessoas reclamando de mim pelo simples fato de não gostar do curso, sempre que me perguntam eu falo a verdade, não tento esconder minha insatisfação de ninguém. O curso é basicamente uma aula de como convencer outra pessoa a comprar o que não precisa comprar, tipo aquele shampoo que tira caspas, fazendo ela achar que tem caspas e pronto, ela compra, você ganha algo, isso é publicidade e todos acham isso genial.Quando eu era criança, mentia para caralho, mas quando alguém sabia, isso acabava se tornando feio e mesmo minha mentira sendo genial, eu não ganhava um leãozinho de ouro.

Basicamente, estou neste curso por duas razões, primeira é que eu não tinha nada para fazer e um colega disse “faz publicidade porque você é criativo”, entendo que não é um bom motivo, mas queria um diploma e a segunda é que não quero ser preso em uma cela normal, o diploma é essencial.

Assim como vejo a publicidade uma idiotice para mim, eu vejo todos os outros cursos. Engenharia e medicina por exemplo; eu não teria a habilidade de perder meu dia inteiro fazendo contas pra saber se a parede vai sair reta, tenho coisas muito mais importantes para fazer, tipo viver. No caso da medicina, eu nunca fui bom com as pessoas, então por que ajudar? A única vantagem na publicidade é que sempre fui um bom mentiroso e que na maioria do tempo eles não tentam ajudar ninguém, digo as pessoas e não as marcas. Estão pouco se fodendo se o produto pode causar algum dano, o que importa é vender, você é obrigado a defender seu produto de qualquer maneira, é tipo desencalhar aquela amiga que é muito simpática, primeiro você deixa seu amigo bêbado e depois fala que ela é gata, eles se pegam de um jeito escroto e pronto, PUBLICIDADE.

Na verdade eu não odeio, não acho que é um mal para a sociedade e blá blá blá, respeito, apenas sei que não é para mim, não seria feliz exercendo a profissão, sairia tudo mal feito até porque entendo dia de entrega como dia de começar a fazer. Com total respeito, publicidade é uma droga.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s